Conexão TV Web

MENU

Conexão News / Sul de Minas

Vídeo: Homem é detido após ameaçar com faca e entrar em luta corporal com enfermeiro de hospital, em Poços de Caldas (MG).

O caso aconteceu na última terça-feira (28) durante um plantão noturno, e as imagens de câmera de segurança foram divulgadas nesta terça (4).

Publicidade
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 31 anos foi detido após ameaçar um enfermeiro com uma faca e entrar em luta corporal dentro do Hospital Margarita Moralles, em Poços de Caldas (MG). Segundo a Polícia Militar, o suspeito, que tinha um parente internado no hospital, chegou ao local fora do horário de visitas. Veja o vídeo.


O caso aconteceu na última terça-feira (28) durante um plantão noturno, e as imagens de câmera de segurança foram divulgadas nesta terça (4). No vídeo, o homem é visto entrando na recepção do hospital por volta das 23h46 e se dirigindo ao balcão para falar com o atendente. Em questão de segundos, ele ameaça o enfermeiro com uma faca, que reforçava que o horário de visitas já havia terminado.


A guarda civil municipal foi acionada e recolheu a arma do suspeito, que foi retirado do local. No entanto, pouco depois, o homem voltou a atacar o enfermeiro, dessa vez com socos. Eles entraram em luta corporal e acabaram caindo no chão. A guarda civil interferiu novamente, contando com o apoio de outras pessoas para conter o suspeito.


De acordo com a PM, o homem foi algemado pela guarda e encaminhado pelos militares até a companhia de polícia. A Polícia Militar registrou o boletim de ocorrência, e o suspeito assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência, sendo liberado em seguida. A faca apreendida foi encaminhada à cadeia de custódia da Polícia Militar.


A Secretaria de Saúde informou que o visitante não havia dado entrada anteriormente no hospital. O enfermeiro na recepção aguardava para bater o ponto e explicou que não era possível entrar, pois o horário de visitas terminava às 21h. O enfermeiro não sofreu ferimentos, e foi oferecido atendimento psicológico pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps) tanto a ele quanto à guarda municipal envolvida. Nenhum mobiliário do hospital foi danificado.


Ainda conforme a Secretaria de Saúde, a direção do Hospital Margarita Moralles solicitou uma medida protetiva, que está em andamento.

Créditos (Imagem de capa): Redes Sociais

Comentários:

Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!